ROTA ESCÓCIA

Embarque na nossa rota Eurostops rumo à Escócia e descubra um país único, apaixonante e cheio de histórias fascinantes! Dos castelos dos clans ao whisky puro malte, do kilt ao inconfundível som da gaita de foles, há coisas que só existem na Escócia. 

Algumas partiulares sobre a Escócia

Informação prática para viajar na Escócia

Bandeira da Escócia

Nome oficial do país: Escócia

Fronteiras: Inglaterra; marítima com Irlanda do Norte Fuso horário: GMT; utiliza “horário de Verão”

Vistos
Como membros da Comunidade Europeia, os cidadãos portugueses não precisam de visto nem passaporte para visitar a Escócia; é apenas necessário o bilhete de identidade.

Línguas faladas
A língua oficial da Escócia, como em todo o Reino unido, é o Inglês e é nessa língua que, normalmente, falam com os turistas. O sotaque dos escoceses é bastante característico e acentuado e, à medida que nos deslocamos para Norte, torna-se quase imperceptível, mas muito característico. O medieval Gaélico Escocês (não parcebemos puto!) ainda se fala em algumas zonas rurais.

Dinheiro
A moeda oficial da Escócia é a mesma que em todo o Reino Unido, ou seja, a Libra Esterlina, que vale cerca de 1,13 Euros. Ver câmbio actual
Símbolo: £ | Código internacional: GBP

Telecomunicações
indicativo internacional da Escócia, e de todo o Reino Unido, é o +44.

Um bom site de referência para mais informações de turismo é o Visit Scotland.

ROTA EUROSTOPS

Partimos de Lisboa em direcção a Badajoz onde pernoitamos:

ES-ASA BADAJOZ

38°53’04.8″N 6°58’41.1″W
38.884668, -6.978077

O Reino de Badajoz, também conhecido como Emirado de Badajoz ou Taifa de Badajoz (em árabe: Ta’waif al-Batalyaws) foi uma taifa (reino muçulmano ibérico) centrado na cidade de Badajoz, no que é hoje a Estremadura espanhola. À semelhança das outras taifas da Península, surgiu após a fragmentação do Califado de Córdova, no final do século X e início do século XI. Ocupava grande parte do que é hoje Portugal, desde o rio Douro até praticamente todo o Alentejo, incluindo as cidades de Lisboa e Santarém, parte da zona ocidental de Castela quase até Leão.

O reino foi independente durante dois períodos, o primeiro entre 1009 ou 1013 e 1094, que terminou com a invasão dos Almorávidas, e o segundo entre 1144 e 1151, que terminou com a conquista pelos Almóadas. Os territórios do reino acabariam definitivamente na posse dos reinos cristãos de Portugal, Leão e Castela. (in Wikipédia)

De Badajoz seguimos para Burgos a primeira cidade que queríamos visitar.

Entre Badajoz e Burgos fizemos uma pausa em: ES-PE-Baños Montemayor

40°19’21.6″N 5°51’47.9″W
40.322665, -5.863297

BURGOS – Com ca. 170.000 habitantes, Burgos é uma cidade mediaval cuja atracção principal é a Catedral que durou cinco séculos a construir e o resultado de tantos e tantos anos de trabalho e esforço é indescritível. Uma obra-prima, que a UNESCO já classificou como património da humanidade em 1984. Uma visita a Burgos vale bem a pena!

ES-ASA-M Burgos (Gráis)

Calle Farmacéutico Obdulio Fernández, 09006 Burgos

42°21’02.4″N 3°40’49.5″W
42.350666, -3.680419

CHEGADA A FRANÇA: PERNOITA em FR-PE-TP EGLISE ST-ETIENNE
Circulamos até Biarritz, pernoitamos perto de Biarrotte, no estacionamento da Igreja St. Etienne junto da Estrada Nacional

43°33’34.5″N 1°16’27.3″W
43.559570, -1.274244

PARAGEM EM FR-ASA BARDETS
Paragem obrigatória no lago Sanguinet, um espaço que já visitamos por diversas vezes e sempre que possível voltamos. A Área de Serviço localiza-se junto ao lago de água bem quentinha!

FR-ASA-M Bardets (água, despejos & pernoita)

Avenue de Losa
40460 Sanguinet

44°29’02.8″N 1°05’30.1″W
44.484105, -1.091702

PARAGEM NO CENTRO DA FRANÇA E; FR-ASA-P STE MAURE DE TOURAINE 37 CENTRO | PN(4 EUR)
Continuamos a subir na geografia até FR-ASA-P St. Mauren de Touraine (centro da França) onde pernoitamos por 4,00€

47°05’35.2″N 0°36’46.1″E
47.093115, 0.612803

CALAIS – DOVER

Pernoitamos em território de sua majestade no parque adjacente do Canterbury Camping and Caravanning Club Campsite.

51°16’39.2″N 1°06’44.7″E
51.277546, 1.112428

Valores: 0,00€

Dicas: Reserve a sua pasagem atempadamente directamente no companhia DFDS ou nos seguintes portais aferry ou directferries. A travesia demora ca. 90 min. As passagem nocturas são mais económicas.

Visita a CANTERBURY

Cantuária (também conhecida pelo seu nome em inglês, – Canterbury- uma cidade romântica e cheia de história !

Localizada no condado de Kent a sudeste da Inglaterra, Canterbury é uma cidade histórica.

Canterbury é uma cidade que se conhece a pé. Cheia de pequenos pub’s, pequenos cafés à beira do rio e restaurantes com comida acessível e de bom nível. A rua principal “High Street” é onde está o comércio e de onde se chega a todos os outros lugares. Mas há alguns locais que consideramos de visita “obrigatória”:

A cidade também é conhecida por ser o centro da Igreja Anglicana e o lar da famosa catedral de mesmo nome. A catedral é Património Mundial da Humanidade.

Não perca também…

Westgate Gardens: o Westgate era um dos antigos portões medievais que permitiam a entrada na cidade circundada pela muralha e um dos melhores lugares para um passeio à beira do rio Stour. Trata-se de um jardim onde as famílias locais costumam passear, sentar ao sol, ler um livro, fazer piqueniques.

Good´s Shed: mercado que está localizado ao lado da Estação Canterbury West. Considero a visita obrigatória na chegada ou na saída da cidade. É um mercado local especializado em produtos orgânicos

Visita a CAMBRIDGE

Canterbury -> Cambridge

Como já tinhamos visitado Londres e Oxford, decidimos visitar a cidade de Cambridge.

É muito complicado estacionar em Cambridge, pricipalmente com Autocaravana. Encontramos um estacionamento a 30 min do centro. O estacionamento permite a permanência máxima de 2 horas no entanto ficamos todo o dia.

Onde ficamos?

Chesterton Rd, Cambridge

52°12’58.1″N 0°08’04.0″E
52.216147, 0.134455

Valor: 4 Libras

Cambridge assim como Oxford é conhecida como uma cidade académica por conta da University of Cambridge. No entanto, são muitas as faculdades espalhadas pela cidade e cada uma  com um nome diferente, mas no fundo no fundo são todas University of Cambridge.

Curiosidade: Só para falar um pouco mais das universidades, estas começaram a ser fundadas em 1209 por estudantes de Oxford que estavam descontentes. A universidade mais antiga, a Peterhouse, foi criada em 1284.

A Universidade de Cambridge é composta por 31 faculdades, e é possível visitar muitas delas gratuitamente, como a Peterhouse (a mais antiga, fundada em 1284) e a Magdalene College (pode-se até visitar a biblioteca, que contém livros raríssimos).

Horários: Geralmente as colleges (universidades) abrem das 9h30 às 15h30,  no entanto é melhor perguntar ao porteiro (Porter’s Lodge), por vezes estão fechadas para exames ou outras actividades.

Onde Comer?

Bem no centro da cidade encontra-se o mercado (com barraquinhas e tascas) que funciona diariamente, das 10 da manhã às 16. Aos domingos, o espaço é utilizado para a feira de artesanato e antiguidades. O mercado fica na Market Square, bem pertinho da igreja Great St Mary

Pernoitamos em:

Cambridge Cherry Hinton Caravan and Motorhome Club Site

52°10’52.3″N 0°10’06.5″E
52.181204, 0.168476

Eurostops

www.eurostops.pt

Related Posts

Sintra é uma cidade pitoresca que possui palácios extravagantes, castelos antigos e paisagens ...
Eurostops
25/06/2020
Perfeito um para o outro!   Destinos românticos em Portugal. À espera de serem descobertos. ...
Eurostops
25/06/2020
O QUE SÃO ADITIVOS … Aditivos são substâncias químicas que são adicionadas aos combustíveis, óleo do ...
Eurostops
25/05/2020